sexta-feira, 30 de abril de 2010

Momento WTF do dia

A leitura da lista de nomeados dos Prémios Meios & Publicidade 2010.

E, já que estamos a falar de "Comunicação", não estava já na altura de começar a premiar blogues?

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Bater nos Candidatos

Genial a ideia da Albion: um programa onde podemos esbofetear os três concorrentes ao cargo de Prime Minister britânico.

É o Slapometer.

Funciona apenas durante os debates e os números são impressionantes: mais de 50 milhões de chapadas em dois debates.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

E a saga continua

Já aqui mostramos, no início da semana, a acção de guerrilha feita por adeptos do Benfica em pleno Marquês de Pombal. Agora chegou a vez do Porto e com pronúncia do Norte!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Design e Prémios e assim...

Aqui no Buzzófias às vezes gostamos de nos armar em bons. Em malta que percebe de design e coisas giras. E, engraçado, até há designers no meio de nós.



Aguardávamos o anúncio dos Prémios Design do Meios & Publicidade. Franzimos o sobrolho quando percebemos que o júri até poderia votar em si mesmo. Mas achámos, ah e tal, há coisas que são de bom senso.



Ora, apetece-me, focar-me no prémio para o melhor site informativo. Pois, que por via da profissão que escolhi, sou obrigado a andar atento aos sites informativos que por aí andam. Pois qual não é a minha surpresa, quando recebo a Newsletter matinal, e vejo que ganhou o site do DN. Pensei que não estava a perceber bem a coisa, que aquilo não era bem para o design, era no fundo, digamos, um concurso de pantones. E, mesmo semi-daltónico, sei que isto dos pantones é coisa subjectiva, que dá para discussões de o-meu-azul-é-melhor-que-o-teu, enfim, é discutir o sexo dos anjos.



Mas não. Falamos de Design. Dos Prémios de Design.



Ora, só assim de repente, occorem-me sites como o do Público ou o do i que dão, vá, 10 a 0 ao do DN. Nem falo do site do economico.pt sempre com um ar tão arrumadinho, que nem dá para acreditar nas notícias sobre o caos da economia nacional.

E já agora, o JN ficou com o 2º lugar no quadro de honra?

terça-feira, 20 de abril de 2010

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Genialidade de guerrilha

Clubismos à parte, esta acção é simplesmente genial. É um teaser. Porque a festa vem daqui a uma ou dias semanas.

sábado, 17 de abril de 2010

i num instante tudo se sabe

Detalhes da demissão / despedimento de Martim Avillez Figueiredo, ex-director do i, podem ser lidos na íntegra aqui. Tudo publicado - email, contactos e carta - sem qualquer edição.

Será o fim do jornal ou apenas um novo começo?

Comentários

Por uma qualquer razão à qual somos completamente alheios ou então por manifesta aselhice minha - aposto mais na segunda opção - desapareceram os comentários dos posts mais antigos. Enquanto tentamos resolver a questão, se tiver solução, publico aqui os dois últimos a este post.

Outros comentários podem ser igualmente colocados aqui.

PS: Já agora, se alguém souber e quiser ajudar...

Movimentos a seguir

Com o Mundial de Futebol à porta, há dois movimentos no Facebook que merecem atenção: "Sete Voltas no Mundial", que se bate para que o hino da selecção seja em português; e "Queremos a Selecção com bigode na África do Sul" - acho que não necessita de tradução, mas se souberem a marca por detrás disto fico agradecido.

Gosto da música, mas acho que para hino deveria ter mais ritmo para não corrermos o risco dos jogadores passearem pelo campo. Ainda assim é bem melhor do que o hino do BES, perdão, dos Black Eyed Peas, em inglês, cantado por uma banda norte-americana. Bem patriota, como sempre.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

O facebooker


O artigo já tem uns dias, foi publicado no último sábado no i, e descreve, aos olhos do sr. Edson Athayde, a relação dos portugueses com o Facebook. E com a vida em geral.

Embora possa ser verdade, em boa parte, duvido que se substituirmos "portugueses" por "brasileiros", "ingleses", ou qualquer outra nacionalidade, o efeito não seja parecido. Na minha opinião, o resultado é apenas mais um exemplo de uma comunicação que generaliza, inflama, sem necessidade.

Para reflectir que amanhã há mais.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Palha fresquinha

Desta vez não é mais um pensamento profundo, mas a continuação do post anterior.

Acho o tom do post do Adriano Nobre, jornalista do i, discutível. No mínimo, discutível. Soa a criança amuada por não ter gostado do presente que recebeu.

Em relação ao presskit, lembra-me uma graçola que se contava na faculdade: "durante uma prova oral, que corria mal ao aluno, o professor interrompe, chama o funcionário e incomodado diz: "traga mas é um fardo de palha". O aluno, percebendo a piada, responde: "Já agora, para mim, pode trazer um cafezinho".

Presskit criativo


Uma das coisas que intrigam os consultores de comunicação, pelo menos aqueles consultores com capacidade de se intrigarem, é a reacção dos jornalistas quando recebem um "presskit criativo".

Será que "impactou" o alvo? Será que surpreendeu a ponto motivar uma notícia ou a ida de determinado jornalista ao evento?

Como resolver a questão?

Das duas três: Ou o jornalista liga a agradecer, dá os parabéns e confirma a presença / recepção (ao longo da minha carreira aconteceu-me várias vezes, modéstia à parte) - e a operação foi muito bem sucedida; o estagiário da agência (ou Jovem de Elevado Potencial) liga a fazer follow up, o jornalista responde com um seco "sim, recebi" e dificilmente deixa transparecer mais entusiasmo que uma castanha pilada (ok, também me aconteceu); ou então acontece isto.

terça-feira, 13 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

too soon?



"To coincide with Tiger Woods' return to professional golf following, well, you know, Nike is running a TV commercial from Wieden + Kennedy Portland in which he is 'questioned' by the voice of his late father, Earl Woods. As Woods stares dolefully into the camera and flash bulbs light up his 'sad' face, Woods senior is heard to say "I want to find out what your thinking was, I want to find out what your feelings are, and, did you learn anything?""

brutal.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Palavras leva-as... a água



Espectacular acção no Louvre, em Paris, aquando das Jornadas Mundiais da Água.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Go Bulling

Logo abaixo da notícia sobre as conclusões do inquérito ao caso "Leandro", alegadamente vítima de bullying, surge um banner da empresa GoBulling.com.

A isto é que eu chamo timing. Mau timing!

Migalhas






"Revista cultural em formato toalha de mesa", assim se define "Migalhas". Para que não restem duvidas é mesmo uma toalha de papel individual, daquelas de se colocam debaixo do prato ao almoço mas com sugestões culturais. Simples, não é?

Numa época em que o online é que está a dar é interessante ver novos projectos a surgir em papel. Vai na terceira edição.

Mais Migalhas aqui ou aqui.

a pensar alto...

- O que fazer quando um cliente nosso é "atacado" na Comunicação Social?
- Reagir!

Será?

(Agências de comunicação) "instituições que plantam noticias, com jornalistas por conta, comprando jornalistas".

Uma definição possível, por Emídio Rangel. Hoje na Comissão de Ética.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

I num instante tudo mudou…

Há (más) notícias que me chateiam, sobretudo as que me vêm dar razão, mais cedo ou mais tarde.

Fui dos cépticos que diziam que "dificilmente o novo diário do Grupo Lena chegaria a ser lançado", fundamentando a minha opinião na crise que afectava (e ainda afecta) a Comunicação Social e o sector da Construção Civil. Mais tarde dei o braço a torcer ao ver surgir um projecto muito interessante, inovador e positivo, que ganhou o seu lugar entre os diários nacionais (acho que vendas diárias de 9000 exemplares é significativo para 10 meses de existência, ainda para mais num país ávido de tragédias), mas questionando-me desde logo sobre a sua viabilidade face às páginas despidas de publicidade.

Embora a comunicação não o transparecesse, com entrevistas optimistas de vários porta-vozes, inclusive do investidor e do director, que pareciam seguros e aparentavam estar preparados para uma caminhada difícil e lançavam bons sinais para o mercado, independentemente da secura da fonte publicidade, o jornal I ia caminhando para uma situação insustentável. Esta situação conheceu desenvolvimentos há dias com um comunicado dúbio e confuso enviado à redacção (que por sua vez o enviou às outras redacções) dificultando e muito (ou pelo menos retirando poder negocial) a possível venda do jornal a outros grupos económicos - onde estava o consultor de comunicação neste momento?

Tenho pena se o I não durar o suficiente para mudar, de facto, algo.

Tenho pena que os bons projectos se tornem rapidamente insustentáveis, por esta ou por aquela razão.

Tenho pena que a comunicação insista em criar realidades inexistentes que, mais cedo ou mais tarde, se desmoronam como castelos de cartas, contribuindo assim para o seu próprio descrédito.

Terei pena.

The fun theory - o vencedor

Não foi desta que ganhámos, embora estar entre os 8 finalistas (se excluirmos as 3 ideias que deram origem ao concurso) seja motivo de grande satisfação para um grupo de amigos que se reúnem em torno deste blog, e de uma ou outra tea party, a debitar bazófias sobre comunicação.

O vencedor é Kevin Richardson e a ideia merece vencer. Perfeito era vê-la posta em prática, quem sabe por cá.

domingo, 4 de abril de 2010

Spermmers (ou como o onanismo tomou o Chatroulette)

Marketeers, consultores de comunicação e porteiras estão sempre à procura da última novidade. Uma das mais recentes, inventada por um russo de 17 anos, chama-se "Chatroulette" e é já um sucesso mundial. É uma espécie de zapping mas onde a TV é que nos vai passando ou um speed dating muito rápido. Infelizmente parece já ter sido afectada por um estranho "vírus".

Num resumo possível, Luís Pedro Nunes, na sua crónica na Única deste sábado - que aconselho a leitura - define esta ferramenta como algo tomado por exibicionistas anónimos. Segundo ele, "podia ser uma bela ideia" (...) mas "o que irá ver - e garanto-lhe que irá ver - são pilas. Muitas. De várias cores, tamanhos e formatos, mas decididamente entusiasmadas num pacto de onanismo planetário em videoconferência."

Vejo que algumas marcas possam ter interesse na ferramenta (dêem-lhe o sentido que entenderem), mas vejo principalmente um desafio para as mentes mais criativas.

Enfim, como já não nos chegavam os Spammers, agora temos de gramar com os Spermmers!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Fuuuuusão!

O sector da Comunicação gosta muito de anunciar fusões, sendo que muitas delas não chegam a sair da incubadora.

Aqui, pela blogosfera, queremos dar o exemplo. Potenciar recursos e criatividade.

O PiaR e o Buzzófias anunciam ao mercado a sua fusão.

Mais comunicação, mais comunicadores … o humor crítico e corrosivo de sempre!

A negociação demorou um pouco mais do expectável, mas lá se acordou que o Rodrigo Saraiva passa a RDS e o Alexandre a AdG.

O novo endereço será anunciado oportunamente.