sexta-feira, 12 de junho de 2009

O poder do "homem só".

Não é um viral.
Não é uma campanha de guerrilha sabiamente disfarçada.
Não é nada disso.
Nenhuma marca está associada (por enquanto).
E muito pouco se sabe sobre as circunstâncias em que foi gravado, onde ou como.

O que devemos tirar dele, é o exemplo perfeito, de que, apesar de qualquer forma, o poder do “1”, do único, do sozinho, do indivíduo, nunca deve ser menosprezado... muito menos “gozado”... Para mim, deveras INSPIRADOR.

Sozinho. Sim. Mas ainda me vão seguir.

2 comentários:

FV disse...

Pelo menos uma coisa podemos confirmar.

A música no fundo é "Unstoppable" the one and only: Santogold.

Se é ao vivo de facto... adivinhamos apenas que sim!

Link:

http://www.youtube.com/watch?v=8SIRpKa5ZMA

JC disse...

isto é genial