quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Eleições Norte-Americanas: Hollywood apela ao voto

Cada vez mais, a abstenção assume um papel extremamente preponderante em qualquer eleição. O desinteresse que os cidadãos demonstram em relação ao seu direito de voto é assustador e revela bem a inércia que assola a sociedade contemporânea.

Se em Portugal, um país pequeno da Europa, a abstenção se faz sentir significativamente, como será nos Estados Unidos. Para fazer face a esta realidade, Leonardo Di Caprio juntou dezenas de celebridades do showbiz norte-americano num vídeo por si realizado e produzido, apelando à participação dos jovens nas eleições de Novembro.

É um grito que parte do actor prodígio de Hollywood (que tem participado activamente em várias causas, com destaque para a questão do Aquecimento Global, ao lado de Al Gore) e ao qual se juntam muitas outras caras sobejamente conhecidas em todo o mundo.

O mote é "Não votes". Mas a transformação da mensagem ao longo do vídeo é sublime, tornando-o num estratégia viral que tem por objectivo que os jovens se recenciem e passem a palavra aos amigos para fazerem o mesmo.

Esperemos que resulte, a favor da democracia.

2 comentários:

Anónimo disse...

Uns apelam ao voto, outros chocam-se com a tendência de voto. Ver a reacção de Matt Damon às pérolas de Sarah Palin.

http://www.youtube.com/watch?v=C6urw_PWHYk

Pedro Rocha disse...

este vídeo vai apelar ao eleitorado mais jovem. e em quem é que o eleitorado jovem vota?

O resultado não é favorável à democracia, mas sim a Barack Obama.

Esta táctica já foi utilizada há alguns anos atrás, quando a MTV decidiu apoiar o voto através da campanha "Rock the Vote". Adivinhem em quem é que a malta votou na altura?

No presidente que tocava saxofone. Bill Clinton.



ah hey, i'm neither a democrat or a republican. I'm european. :)