sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Vintage Ads

Ou como o Politicamente Correcto matou o espírito Mad Men.











Ver mais aqui.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Geostratégia V2.0

Ups, enganámo-nos...

Num acto, se não inédito, raro, a Direcção do Público faz mea culpa da manchete infundada de ontem, que resultou de um "engano na leitura dos documentos oficiais", engano esse de mais de 600 milhões de euros, coisa pouca. Ou seja, em vez de aumentar o passivo em 275 M a Câmara pretende baixá-lo em 350 M. Coisa pouca.

Nos dias que correm, o impacto de uma notícia como esta ganha rapidamente uma dimensão muito superior aos leitores do jornal. É replicada e comentada em blogs, sem critério nem pudor, e que raramente publicam os desmentidos e os direitos de resposta.

A ânsia de dar uma boa cacha não justifica tudo. Mas confirma a máxima: "Não deixes que a verdade te estrague uma boa notícia!".

Boa resposta, no entanto, da Câmara de Lisboa ao convocar de imediato uma conferência de impresa para corrigir o "erro grosseiro" do Público e matando a "notícia" por aqui.

Agora falta comparar a manchete de ontem


com o desmentido de hoje.

Se a quem gere as contas públicas pede-se rigor, aos jornalistas pede-se o quê?

Na minha opinião, quem sai mal desta história é o Público em particular, e o jornalismo em geral, com mais esta nódoa na sua reputação.

domingo, 21 de novembro de 2010

Tiveram sorte que as escadas estavam a funcionar neste dia

Sexo, Mentiras e Vídeos na Catalunha

Nas eleições regionais da Catalunha é assim. Sexo e vídeo-jogos.

Juventude socialista...



...Alternativa...



...Juventude Popular.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Coisas mesmo importantes



Sim, tenho o coração politicamente dividido entre o Modern Family e o Mad Men.

Flashmob do Adeus!



Um gesto bonito, espontâneo, sincero. Tudo fosse assim tão simples.



Actualização

O Adeus, ao Sr. do ADEUS from João Nunes on Vimeo.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

CIN RE-MAKE 2010



Gosto de ver as marcas intervir nas cidades, nas ruas, nos transportes. Boa acção.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Estes senhores da Tagus

Uma marca NÃO patrocinar isto, é de valor! Trará resultados? Não faço ideia. Mas diverte-me.



Dos mesmos que fizeram isto.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dúvida existencial 3.0

E se um dia ficássemos sem jornalistas? Ficávamos sem notícias?

(pensamento derivado da leitura deste título).

Dúvidas houvesse...


...da isenção do semanário Sol, ficam dissolvidas com a edição da Tabu da última sexta-feira. Depois de muitas páginas escritas sobre José Sócrates, eis que que se redimem com a I parte da biografia de "O Lourinho do PSD".

Não aguentei ler até ao fim, sob pena de ter de me suicidar em seguida, mas deixo apenas uma frase marcante: "Era dado a cóleras súbitas. Um dia quis mostrar a pilinha num restaurante."

Espero que esta fase já lhe tenha passado e que não volte a ter vontades destas. Até porque, desta vez, do outro lado podemos estar nós todos.

Títulos


Leio no DE que "Cavaco lança-se na campanha recuperando a aura de antipolítico"

e vejo que Manuel Alegre até dá uma ajuda.

Pergunta para Manuel Alegre (como se ele me fosse responder): Numa altura em que o Povo está cada vez mais cansado de politiquices, a aura de "não político" será uma coisa má?

Política de fachada


O candidato Cavaco Silva fez saber que não utilizará outdoors durante a campanha. Pelos vistos, só uma fachadazinha de prédio ou outra.

E tudo em nome da austeridade. Só pode.

Foto tirada na sede de campanha em Lisboa.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Gosto



O anúncio é de 2006 (!) e só agora passa em Portugal. Deve ser da crise. Ainda assim, gosto!

Gosto (ainda mais)



ou na versão INVEJA!